Contadores de histórias

Carlos Marques

Nasceu em Montemor-o-Novo no ano de 1978 e é licenciado em Estudos Teatrais pela Universidade de Évora. Iniciou o seu percurso como contador profissional em 2007, após ter ouvido alguns mestres dessas andanças. Chamou às suas performances narrativas MALA DE CONTOS que atravessa todo o país. Neste momento, assume-se também como programador de narração oral, na Biblioteca de Montemor-o-Novo, com a iniciativa Contos Doutra Hora. O seu reportório assenta na reescrita da tradição oral. As suas sessões de contos são caracterizadas pela música, humor e contacto espontâneo com o espectador. Para além de contador trabalha regularmente em teatro. A destacar o espetáculo produzido pela Trimagisto «Às vezes quase me acontecem coisas boas quando me ponho a falar sozinho», de Rui Pina Coelho, que faz a ponte entre as duas áreas em que está envolvido.

Participação na Maratona de Leitura

1 de julho

Sessão de contos com os contadores de histórias (Alameda da Carvalha; 11h00

3 de julho

Leitura no palco das 24 Horas a Ler (Cineteatro Tasso; 10h20

Festas na Aldeia (11h00 – Outeiro da Lagoa | 15h00 – Nesperal)