Convidados

Olinda Beja

Poeta e narradora de São Tomé e Príncipe. Porém, com apenas dois anos e meio, saiu de seu país e foi viver em Portugal. Sendo tão pequena, não foi responsável pela mudança de território e muito menos pela história que lhe foi sequestrada.

A sua poesia traz as marcas dessa vivência e as tentativas de reconstruir, ou construir ao seu modo, a identidade. Ao mesmo tempo, a escritora celebra, na tensão entre os dois mundos, África e Europa, a festa da mestiçagem e o encontro de culturas.

Olinda Beja venceu em 2013 o maior prémio literário de São Tomé e Príncipe, o Francisco José Tenreiro, pela obra A Sombra do Ocá. É esta a inquietante e também dramática biografia de Olinda Beja. – Texto de Estella Viana, jornalista brasileira ao serviço da RTE – Feira do Livro/Madrid/junho 2017

Participação na Maratona de Leitura

6 de julho
00:30 Leitura no Palco
11:00 Sessão de contos na Aldeia das Mulheres - Carvalhal (Festas na Aldeia)
14:30 Apresentação do livro “Língua-mãe: antologia”, no Monte de N.ª Sra. da Confiança (Pedrógão Pequeno)                                               
16:00 Encontro com escritores Mbate Pedro e Olinda Beja em Gonçalo Mogão (Sertã)
17:30 Sessão de contos com os contadores de histórias e concentração de Bibliotecas Itinerantes