Contadores de histórias

Trovadoras Itinerantes

O resultado desta experiência foi a criação e lançamento de folhetos de cordel com temas diversos da Idade Média e do Brasil, shows musicais, apresentações de espetáculos de teatro de rua e contos de histórias em três países europeus e um do continente africano sobre a oralidade tradicional popular brasileira. 
A partir dos processos criativos da Cia Catirina - entidade cultural sem fins lucrativos que representa as pesquisas e produções das Trovadoras Itinerantes - todas as criações e pesquisas do grupo culminam em diversas ações desenvolvidas ao longo dos 15 anos de trajetória do grupo como: o Cordão de Histórias: Encontro Internacional de Contadores de Histórias do Ceará, a Escola de Narradores (formação de contadores de histórias), o projeto Palco de Areia que mapeia grupos de côco de praia e histórias de pescador em colónias de pescadores do Ceará, a criação oficial da Rede Mnemosine de Mulheres Cordelistas, Cantadoras e Repentistas em 2015, esta última premiada pelo 8º Prêmio Viva Leitura do MinC em 2016.
 
Assim, as Trovadoras Itinerantes dão continuidade a uma circulação no Brasil participando em eventos e festivais nos estados do Ceará, Acre, São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Espírito Santo, expandindo sua caminhada pela região Ocitânia europeia, antes traçada por sete países da América Latina em busca de histórias e canções de nossa oralidade tradicional. 

Muitos são os diálogos e caminhos que se refazem na busca de nossas raízes culturais híbridas e de profunda poética literária-musical por onde temos passado.

Participação na Maratona de Leitura

6 de julho
09:10 Leitura no Palco
11:00 Sessão de contos no Outeiro da Lagoa (Festas na aldeia)
15:00 Sessão de contos na Praia Fluvial do Troviscal (Festas na aldeia)
17:30

Sessão de contos com os contadores de histórias e concentração de Bibliotecas Itinerantes