Convidados

Valter Hugo Mãe

Considerado um dos melhores escritores portugueses da atualidade, Valter Hugo Mãe dispensa apresentações.

Dulce Maria Cardoso

Dulce Maria Cardoso nasceu em Trás-os-Montes, em 1964, na mesma cama onde haviam nascido a mãe e a avó. Tem pena de não se lembrar da viagem no Vera Cruz para Angola. Regressou a Portugal na ponte aérea de 1975.

Pedro Lamares

Divide a sua carreira por diversos géneros artísticos, sendo presença assídua no pequeno e no grande ecrã.

Lúcia Moniz

Conhecida cantora e atriz portuguesa, cuja ligação aos palcos é inata e originou uma carreira internacional que se divide entre a música, o teatro, o cinema e a televisão.

Fernando Dacosta

Nascido em Angola, de onde foi em criança para o Alto Douro, Fernando Dacosta fixou-se depois em Lisboa iniciando-se no jornalismo e na literatura. Integrou redacções de órgãos de comunicação como Flama, Diário de Lisboa, Diário de Notícias, O Jornal, Público, Visão. Foi director dos Cadernos de Reportagem. Tem mais de 25 obras publicadas.

Fernando Alvim

Apresenta-se como “um bípede extraordinário, que tem por objetivo principal salvar o Mundo, pois só assim se salvará a si próprio”.

Goretti Pina

Criadora de moda santomense, veio para Portugal no ano de 2000, onde, além conciliar os estudos e o trabalho, continuou ligada ao associativismo e à moda sem nunca abandonar o gosto pela escrita.

Germano Almeida

Poeta e romancista, caracteriza-se por usar o humor e a sátira, denuncia a duplicidade da sociedade cabo-verdiana, caracterizada durante os primeiros anos de independência por um regime de partido único. É considerado o primeiro romance verdadeiramente nacional.

Mário Beja Santos

Foi professor do ensino superior; colaborou durante mais de duas décadas em emissões radiofónicas ligadas à defesa do consumidor, foi autor e apresentador de programas televisivos e teve uma participação ativa no consumerismo europeu.Colabora em blogues, revistas digitais, na imprensa diária e regional. Alguns dos seus últimos livros foram dedicados à Guiné.

Gonçalo Cadilhe

Viajar pelo mundo e escrever sobre ele é a sua profissão. É um trabalhador dedicado e assíduo e em vinte anos nunca faltou um dia ao emprego. Ama Portugal — de preferência de longe e explicado a estrangeiros. Acredita no comboio, na bicicleta, no barco, na conversa, no copo de vinho e em outros meios de transporte que levam longe mas não têm pressa de chegar.

J-K

Gosta de escrever sozinho e de preferência à noite. Dizem que é um dos culpados por ter passado a existir na Beira Interior um movimento de hip hop. Um homem que dá ritmo às palavras e que delas faz o seu ganha-pão diário.

Abdulai Silá

Engenheiro, economista e investigador social da Guiné Bissau, é escritor consagrado e considerado o autor do primeiro romance guineense, "Eterna Paixão", de 1994. Integra organizações filantrópicas e dedica-se à alfabetização da população.

Miguel-Manso

A cadência da sua poesia obriga-nos a olhar o mundo através das pequenas coisas que nos rodeiam. Há quem jure que Miguel-Manso é um “caso singular na literatura portuguesa contemporânea” e a sua obra está aí para o comprovar.

Filipa Martins

Escritora, argumentista e jornalista, nasceu em Lisboa, em 1983. Colabora e colaborou em publicações como o Diário de Notícias, Notícias Magazine, Evasões, Revista LER e Jornal i.

Joana M. Lopes

É através da pintura e da escrita que Joana M. Lopes dá asas à criatividade. Meteu-se com bruxas no primeiro livro e ganhou um prémio, desde então não tem parado de escrever e pintar, já vai no seu sexto livro infantil e editou em 2018 o seu primeiro romance.

Mafalda Milhões

Mafalda Milhões dedica-se à ilustração, mas também é editora, livreira, autora e mediadora de leitura.

Lopito Feijó

Poeta e ensaísta angolano, Lopito Feijó, no Lombo, província de Malanje, Angola. Despertou para a poesia aos 22 anos de idade. Em 1985 publicou o seu primeiro livro de poemas.

Ricardo Belo de Morais

Grande conhecedor e divulgador da obra de Fernando Pessoa, não se esgota contudo nesse autor o trabalho de Ricardo Belo de Morais.

Mbate Pedro

Nasceu em 1978, em Moçambique. É escritor, médico (já colaborou com os Médicos Sem Fronteiras) mas é sobretudo na poesia que se tem vindo a destacar e a revelar como um dos mais recentes talentos da escrita moçambicana.

Olinda Beja

Poeta e narradora de São Tomé e Príncipe. Porém, com apenas dois anos e meio, saiu de seu país e foi viver em Portugal. Sendo tão pequena, não foi responsável pela mudança de território e muito menos pela história que lhe foi sequestrada.

Ondjaki

Ondjaki, nasceu em Luanda em 1977. Doutorado em Estudos Africanos. Prosador e poeta, também escreve para cinema.

Rui Guedes

Rui Gabriel Vieira Guedes nasceu em Paredes a 24 de julho de 1974. É o responsável pelo Serviço de Biblioteca Itinerante (Bibliomóvel) da Biblioteca Municipal de Penafiel desde abril de 2002. E também autor.

Pedro Ferrão

Pedro Ferrão nasceu no concelho da Sertã. Atualmente, além de professor de Inglês, é escritor, desenvolve atividades culturais e deu início a um projeto de motas customizadas.

Vitorino Coragem

Vitorino Coragem é fotógrafo e jornalista. Trabalhou nas redacções do extinto jornal A Capital, Diário de Notícias, Folha de São Paulo e La Opinión de Granada. “Maria Bicicleta” e “Light & Sea Collection” são os seus trabalhos fotográficos mais recentes, nos quais o rosto ocupa um papel de destaque.

Viriato Pã

A cozinha do ‘Prato do Dia’ é liderada por Viriato Pã, concorrente da edição portuguesa de Masterchef.